Transferir 50 mil pelo Pix – Como aumentar o meu limite de pagamento?

Atualmente, para transferir 50 mil pelo Pix é necessário:

  • Acessar o seu aplicativo de pagamento
  • Aumentar o seu limite do Pix
  • Possuir o saldo em conta
  • Realizar a sua transação

Como esse é um valor acima do limite tradicional da maioria das instituições, é preciso antes de mais nada solicitar um aumento de limite. Contudo, é importante dizer que esse limite passa por uma analise da instituição, e pode ou não ser aprovado.

O prazo para analise, segundo a determinação do Banco Central, é de no mínimo 48 horas. Esse prazo existe para evitar golpes e roubos que possam acabar acontecendo. Agora, para aumentar o seu limite você deverá:

  1. Instale o aplicativo

    Inicialmente, vamos utilizar o RecargaPay para explicar o procedimento. Para realizar a instalação, basta clicar aqui embaixo.


  2. Vá até a aba Pix

    Dentro do aplicativo, vá até a aba Pix e clique em “Ver mais”

  3. Selecione “Limites de envio”

    Agora, clique em “Limites de envio”, em seguida, selecione “Pedir aumento de limite”

  4. Insira o valor do novo limite

    Por fim, será necessário somente inserir o novo valor do limite e confirmar. Depois, basta aguardar que o limite será aprovado pela instituição.


Como transferir pelo Pix?

Como transferir pelo Pix?

Nesse momento, depois de já possuir o limite necessário transferir 50 mil pelo Pix tudo que você precisará agora é fazer um Pix. Para isso, você precisará possuir o aplicativo RecargaPay, a Chave Pix de quem vai receber o pagamento e o saldo disponível na sua conta.

Dessa forma, vamos para o procedimento:

  • Instale o aplicativo RecargaPay
  • Clique em “Fazer Pix”
  • Insira a chave Pix de quem vai receber o pagamento
  • Determine o valor da transferência
  • Confira todos os dados e confirme

Em seguida, a quantia será enviada e recebido pelo destinatário em até 10 segundos. No entanto, lembramos somente que é necessário tomar bastante cuidado ao realizar esse pagamento, já que em caso de qualquer erro será preciso solicitar o estorno do Pix.

Qual o limite do pagamento Pix?

Qual o limite do pagamento Pix?

Atualmente o limite do Pix, por padrão, é definido individualmente por cada instituição. Os principais bancos e plataformas que oferecem essa funcionalidade adotam valores entre R$ 5.000 e R$ 30.000. Como não existe regra, cada banco pode determinar seu próprio valor.

Contudo, existe uma limitação somente sobre o horário do Pix. Para evitar problemas no meio da noite, o Banco Central limita as transações até as 22h no valor de até R$ 1.000. Isso é definido por padrão em todas as instituições, mas caso desejado, é possível também solicitar um aumento.

O limite do Pix acontece no final de semana?

As limitações do Pix se aplicam tanto as dias de semana quanto aos finais de semana também. Por isso, não existe nenhuma regra em especifico para o sábado ou domingo.

Por que o Pix possui um limite de pagamento?

Por que o Pix possui um limite de pagamento?

Inicialmente, o Pix possui um limite para evitar os golpes de pagamento, que estão se tornando cada dia mais comuns desde o lançamento dessa nova funcionalidade. Porém, se quiser, é possível remover as restrições tanto de valor quanto de horário somente entrando em contato com a sua instituição.

Qualquer alteração a respeito de ambos os aspectos precisa aguardar um prazo mínimo de 24 horas para ser analisada, como uma medida se segurança.

Qual a quantidade de Pix que eu posso fazer no dia?

Qual a quantidade de Pix que eu posso fazer no dia?

À primeira vista, não existe nenhuma determinação sobre a quantidade máxima de Pix diários. O limite no momento se aplica somente ao valor, não importando se o pagamento foi realizado em uma, dez ou cem transações diferentes.

Porém, ao atingir o limite de valor, todos os seus pagamentos serão bloqueados e poderão ser realizados novamente somente no dia seguinte.

Conclusão

Por fim, você finalmente pode entender que para transferir 50 mil pelo Pix não é preciso nada além de solicitar o aumento do seu limite e realizar a transação na sua instituição de preferencia, porém ressaltamos novamente o cuidado necessário para isso.

De toda forma, caso qualquer erro aconteça durante o seu pagamento, você pode recorrer as ferramentas que o Banco Central disponibiliza nesse tipo de situação, como o Mecanismo Especial de Devolução, por exemplo.