SIMEI: quais são todos os serviços oferecidos

0
(0)

SIMEI é um sistema de recolhimento de valores fixos mensais dos tributos abrangidos pelo Simples Nacional, a serem pagos pelo Microempreendedor Individual, e que permite também emitir a 2 via MEI Simples Nacional, conforme artigo 18-A da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

Em linhas gerais, é um sistema de pagamento de tributos unificados.

Considera-se Microempreendedor Individual – MEI o empresário que tenha auferido receita bruta acumulada nos anos calendário anterior e em curso de até R$ 81.000,00. O que dá em média uma nota de 6.750 reais por mês. Ao passar disso, o emissor, passa a ser enquadrado como Micro Empresa, sendo necessário pagar tributo de até 15% do lucro líquido.

Confira alguns dos serviços disponíveis para microempreendedores:

  • Solicitação de Enquadramento no SIMEI
  • Acompanhamento da Solicitação de Enquadramento no SIMEI
  • Cancelamento da Solicitação de Enquadramento no Simei
  • Consulta Declaração Transmitida do MEI
  • DASN SIMEI – Declaração Anual para o MEI
  • PGMEI – Programa Gerador do DAS para o MEI
  • PGMEI – Programa Gerador do DAS para o MEI (versão completa)
  • Programa Especial de Regularização Tributária – PERT-MEI
  • Parcelamento – Microempreendedor Individual
  • Parcelamento Especial – Microempreendedor Individual
  • Pedido Eletrônico de Restituição

Como se tornar um MEI fácil e rápido?

Antes de abrir empresa é necessário entender para qual categoria você deve se registrar, o primeiro passo é possuir renda bruta de até 81 mil reais por ano, conforme mencionado no tópico anterior. Em segundo possuir somente um empregado registrado e não ter participação em nenhuma outra empresa, seja como sócio, ou titular.

Para mais dicas confira o vídeo com o passo a passo para se tornar MEI rapidamente:

Quão útil foi este post?

Clique em uma estrela para avaliá-la!

Classificação média 0 / 5. Contagem de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário