Segurança do Pix – Conheça os 5 principais mecanismos

Os 5 principais mecanismos de segurança do Pix são:

O Banco central responsável pelo Pix cuida de segurança da ferramenta desde a sua implementação. Por isso, constantemente o BC aprimora os mecanismos de segurança do Pix. Atualmente contamos com 5 principais deles. Saiba como eles funcionam para proteger os seus envios.

1) Limites de envio

Limites de envio

Nas novas regras do Pix temos os limites de envio que no RecargaPay é de R$ 20.000 diário, R$40.000 mensal e apenas R$1.000 noturno. É possível solicitar mudança no limite do Pix, mas esse mecanismo asseguram as contas de grandes prejuízos em golpes e fraudes. 

Caso seja necessário enviar um valor maior durante a noite que exceda R$1.000, solicite o aumento do limite do Pix noturno com 24h de antecedência. O mesmo vale para os demais limites, mas o usuário está sujeito análise para a aprovação. Cada instituição tem os seus limites.

2) Motores antifraude

Motores antifraude

A sua instituição diariamente observa seus padrões de envio com motores antifraudes. Assim, uma transferência estranha torna o Pix bloqueado para análise. Durante o dia a suspensão pode ser de 30 minutos, mas na noite a análise pode levar até 60 minutos. 

Depois da avaliação, o valor é destinado para a conta do destinatário ou retorna para a sua se houver uma conclusão de envio fora do padrão identificada como suspeita. Segundo o site o Globo o BC vai ampliar a base antifraude no Pix com a quinta camada de proteção contra laranjas.

3) Autenticação de pagamento

Autenticação do pagamento

Para evitar golpes do Pix muitas instituições já contam com a autenticação de pagamento que é a confirmação da sua identidade no pagamento via Pix. Os principais padrões são uso da digital, senhas, reconhecimento facial e tokens.

A autenticação permite que o proprietário da conta tenha mais segurança ao fazer pagamentos usando padrões que só ele conhece ou pode, como a digital. Para reforçar as ferramentas, o BC anuncia algumas mudanças para ampliar a segurança do Pix já a partir de 5 de novembro.

4) Marcadores de golpes

Marcadores de golpes

O BC muda regras o Pix para evitar fraudes e vazamentos de dados, e os marcadores de golpes fazem parte dessa proteção. Toda transação é registrada em criptografia na Rede do Sistema Financeiro Nacional (RSFN). Essa rede não é ligada a internet e detêm todas as informações de Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB).

Além de identificar transações oriundas de fraudes, esse mecanismo de proteção do BC identifica também o responsável. O que antes pensava-se ser impossível de resolver, o BC agora mapeou todos com os marcadores de golpes facilitando em casos de crimes.

Vítima de golpe do Pix consegue R$56 mil na justiça após a fintech falhar na prestação de serviço. A justiça alega que a vítima não pode ser responsabilizar por sofrer um golpe. O juiz de Direito Gustavo Sirena destacou na OAB/RS:

“Não obstante a negativa da falha de prestação de serviço, o réu não trouxe aos autos documentos hábeis que comprovem a versão alegada (de ocorrência de culpa exclusiva do autor). Deste modo, tenho que realmente a parte autora foi vítima de fraude por parte de terceiro”.

5) A segurança da chave Pix

Segurança da chave Pix

A melhor chave Pix não existe, afinal todas já são parte do mecanismo de segurança que anula a necessidade de divulgar seus dados bancários. Após entender como cadastrar uma chave Pix, basta usar ela como endereço de destino para receber valores evitando golpe.

Todos os seus dados de conta bancária estão sob proteção do BC, basta usar apenas a chave. É comum que algumas pessoas errem ao digitar a chave de destino, por isso procure o entender o que fazer com o Pix na conta errada para recuperar o dinheiro.

O QUE É A CHAVE PIX? COMO USAR? | NATH FINANÇAS

Com todas essas medidas, o Pix é realmente seguro? 

Pix é seguro?

Sim, o Pix é seguro e para reforçar a segurança do usuário ele conta com mais de 5 mecanismos de proteção que cuidam de golpes e restituição de valores. No entanto, é importante sempre estar alerta, pois quadrilhas estão se especializando em fraudes no Pix. 

O BC vem aprimorando a cada dia mais a proteção, mas considerando que a devolução de valores é onerosa, cabe atenção a golpes e erros de envio. 

🔒 PIX É SEGURO? VEJA COMO SE PROTEGER DE GOLPES E FRAUDES!

Conclusão

Ao decorrer do conteúdo explicamos quais são os 5 mecanismos de proteção do Pix que protege nossas transações diretamente. Vale destacar que esses mecanismos funcionam em qualquer banco ou instituição financeira que oferece o Pix como forma de pagamento. 

Além de ser uma modalidade de pagamento gratuita, não há dúvidas de sua segurança. Mas sempre é necessário manter o cuidado para não cair em golpes e fraudes, pois o BC não controlou 100% dos esquemas de golpes com quadrilhas especializadas, apesar de estar em constante atualização para isso. 

Por fim, para maior segurança além desses 5 mecanismos, cuidado com a divulgação de senhas, dados bancários ou chave Pix de CPF. Essas podem ser portas de entradas para derrubarem as camadas de proteção de sua conta.

O Pix é seguro?

Perco meu dinheiro na análise de transferência via Pix?

A chave Pix é segura?

Qual a melhor chave Pix?

O Pix devolve meu dinheiro?

03-NIC-AGO04