Quanto custa o PIX: Descubra quem deve pagar

0
(0)

Inaugurado a pouco tempo, o PIX surge para resolver os problemas de pagamento, sendo uma solução instantânea, que mudou completamente a maneira de realizar pagamentos e transferências em todo o país.

Quanto custa o PIX

Como em todas as novidades, é comum surgirem dúvidas sobre seu funcionamento, dessa forma, vamos solucionar uma das principais dúvidas de todos os brasileiros, a de quanto custa para enviar o PIX.

Primeiramente, o PIX não custa absolutamente nada para pessoas físicas. Tanto para enviar ou receber, pelo PIX QR Code ou pela chave PIX, não importa a situação, o PIX sempre será gratuito.

Contudo, a situação é diferente quando falamos sobre pessoas jurídicas, que no caso são principalmente as empresas e companhias que utilizam do PIX. Para elas, infelizmente, algumas transações podem ser tarifadas.

Entretanto, as tarifas do PIX variam de instituição para instituição e de caso a caso, contudo, geralmente as cobranças são realizadas com base no valor do pagamento, dessa forma, é cobrada uma pequena porcentagem da transação.

Quais são os limites do PIX?

O PIX não possui nenhum limite definido pelo Banco Central, contudo, existe uma exceção a essa regra, o PIX noturno. Para evitar a ação de criminosos em sequestros relâmpago e assaltos no meio da noite, o PIX em um horário específico possui um determinado limite de PIX.

Melhores Apps para fazer Pix Parcelado no cartão de crédito

No mercado já existem alguns apps que permitem aos seus clientes fazer Pix de maneira parcelada utilizando o cartão de crédito. Dessa forma você poderá fazer suas transferências sem precisar ter saldo em conta na hora da operação, ou seja, envie agora e pague depois. Descubra os melhores apps para fazer Pix com Cartão de Crédito:

  1. RecargaPay
  2. Digio
  3. Ame

Conclusão

Infelizmente, o PIX poderá ser tarifado no caso de pessoas jurídicas, por isso, é importante avaliar todas as instituições disponíveis para encontrar aquela que possui as menores cobranças para o seu caso.

Porém, para as pessoas físicas, o Banco Central garantiu que as transações são e sempre serão gratuitas, por isso, não é necessário se preocupar.

Quão útil foi este post?

Clique em uma estrela para avaliá-la!

Classificação média 0 / 5. Contagem de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário