Qual a melhor chave pix e como escolher a minha?

Vamos apresentar a melhor chave PIX dependendo da utilidade:

  • Número de celular: É a maneira mais prática de compartilhar a informação com amigos e pessoas de confiança.
  • CPF / CNPJ: Ela é mais indicada para recebimento de valores em situações formais, como salários ou processos legais.
  • Aleatória: A escolha mais segura caso precise receber de desconhecidos, por não enviar dados sensíveis.

As estatísticas das transações PIX refletem o quão útil são essas chaves. Em abril de 2021 a maior quantidade de chaves criadas foi do tipo CPF, com 31%, seguido da aleatória, com 30% e depois o número de celular, contando com 22%. Os dados foram coletados pela Fatec dentro do sistema do Banco Central.

CPF ou CNPJ

O CPF e o CNPJ são documentos importantes que são indicados para transações mais formais. Assim, essa chave pode ser usada, por exemplo, em recebimentos de salário ou pagamentos de fornecedores e parceiros de negócios. É considerada a opção mais segura pelo Banco Central por ser pessoal, imutável e intransferível.

Além disso, a utilização desses documentos como chave também é recomendado para compra de bens de alto valor, como imóveis, veículos ou maquinários para seu negócio. Porém, essa decisão não é obrigatória e você poderá usar outros tipos de chave para realizar essas compras.

Ainda mais, em transações de grandes quantias ou em processos formais em que o Pix pode ser utilizado, o CPF ou CNPJ poderá ser considerado a chave principal por praticidade no processo. Desta forma, não será necessário passar mais informações para o pagador formal.

Número de celular

O uso do número de celular como chave Pix facilita situações do cotidiano em que pessoas que possuam seu WhatsApp possam tranquilamente enviar quantias para você. Por exemplo, quando um amigo está fazendo compras para um churrasco e precisa receber de cada um da turma.

É importante ter em conta que enviar essa chave para pessoas não confiáveis coloca seu número em risco. Existe a possibilidade de ter seu número clonado e desta forma acessarem o WhatsApp, contas bancárias etc.

E-mail

Quando falamos da chave de e-mail, a sugestão é utiliza-la para facilitar as transferências feitas por usuários que normalmente se comuniquem com você por e-mail. Exemplificando, se a sua empresa vai enviar seu salário usando o Pix, nada te impede de cadastrar seu e-mail corporativo como chave para facilitar ao processo de transferência. Para usar o seu e-mail como chave Pix, preste atenção nesses pontos:

  • Evite utilizar seu e-mail caso ele seja muito complicado, pois as pessoas poderão ter dificuldades para registrar seu endereço no aplicativo de envio do Pix.
  • Ao fornecer o seu e-mail como chave Pix, nada impede que pessoas mal intencionadas coloquem seu e-mail em lista de transmissões e você poderá receber mensagens não intencionais, como spams.

Chave Aleatória

Por último, temos a chave aleatória, criada pelo próprio aplicativo financeiro que mantém a sua conta corrente ou carteira virtual. Nessa opção, você pode transferir seu endereço sem fornecer nenhuma informação a mais para o pagador ou recebedor, apenas a sequência de números criada.

A única informação que este meio fornece é o nome do detentor da chave, que é informado quando um usuário for enviar um pix para o endereço. O único revés deste tipo de chave é que será necessário anotar ou decorar uma sequência estranha de números e letras.

Como verificar as minhas chaves já cadastradas?

Para checar as chaves PIX e onde elas estão inseridas, o Governo Federal lançou a plataforma Registrato em parceria com o Banco Central. Por lá o cidadão brasileiro pode ver a situação do cadastro do PIX, verificar se há empréstimos ou financiamento no nome do usuário, além de outros serviços financeiros.

Além disso, caso precise de ajuda com o cadastramento das chaves pix, possuímos um tutorial detalhado com o processo.

O que pode acontecer com minhas chaves na internet?

O maior risco de passar as informações pessoais para pessoas mal intencionadas é receber golpes. Em relação ao PIX já existem vários como o golpe da transação agendada, clonagem do WhatsApp, bug do PIX e vários outros.

Por conta disso, o Procon da cidade de Viana, no Espírito Santo, criou um artigo muito interessante sobre como evitar golpes no PIX. Além disso ela cita alguns casos recentes e as decisões tomadas pelas autoridades.

Quais as medidas de segurança do Banco Central para o PIX?

Desde o lançamento, o Bacen já realizou diversas melhorias em quesito de segurança no PIX. O primeiro aparato foi o sistema antifraude que identifica transações suspeitas. Depois lançaram o mecanismo de devolução em conjunto com o bloqueio cautelar. Essas ferramentas ajudam aos incautos reaverem o dinheiro quando realizarem operações erradas ou em dispositivos não confiáveis.

Você pode encontrar maiores detalhes dessas ferramentas no próprio site do BC sobre devoluções em caso de fraude.

Conclusão:

Verificamos algumas situações e quais chaves PIX alocam-se melhor em cada uma delas. Da mesma forma, observamos outros detalhes acerca das chaves, como plataformas de registro e golpes que podemos ser vítimas. A recomendação do PagueContasCelular é que utilize o CPF com quem confia e a chave aleatória com desconhecidos.

Reiteramos que tenha bastante cuidado com suas informações pessoais na internet. A todo momento ocorrem vazamento de dados, os quais poderão expor o usuário a diversas situações prejudiciais. Logo, evite se cadastrar em qualquer formulário desnecessário.

5 comentários em “Qual a melhor chave pix e como escolher a minha?”

  1. Uau, eu estava usando tudo errado. Obrigada por me informar, vou tomar mais cuidado agora.

    Responder
  2. Essa informação precisa ser divulgada, quase não recebo essas praticidades no meu feed ou no jornal. Agora serei mais cauteloso.

    Responder
  3. Eu já tomei um golpe de poucas centenas de reais. Gostaria de ler isso antes 😓.

    Responder
  4. Tenho a sensação de que precisamos ser atentos o tempo inteiro. Quanto mais dependemos da tecnologia, menos seguros estamos.

    Responder

Deixe um comentário