Pix transferência entre bancos diferentes – Aprenda em 5 passos

Atualmente, para usar Pix e fazer transferência entre bancos diferentes você só precisa:

O Pix surgiu com o objetivo de facilitar as transações de qualquer origem, por isso, não existe nenhuma restrição quanto a instituições bancarias. Dessa forma, você pode enviar e receber pagamentos a qualquer hora e de qualquer lugar, não importando qual o banco de origem.

Nesse momento, para fazer um Pix é preciso somente:

  1. 1 – Instalar o aplicativo

    Inicialmente, é fundamental possuir o aplicativo RecargaPay. Por isso, vamos disponibilizar a instalação bem aqui embaixo para você.

    Ele é recomendado, pois é gratuito para baixar, instalar e criar a sua conta, ao contrário de outros apps semelhantes.

  2. 2- Toque em “Fazer Pix”

    Dentro do aplicativo, acesse sua conta e na tela inicial clique em “Fazer Pix”.

  3. 3 – Digite os dados do recebedor

    Depois, informe os dados de quem vai receber seu envio. Você pode escolher a chave Pix da pessoa (se souber) ou dados bancários normais, como agência e conta. O recebedor não precisa ter chave cadastrada para receber pelo sistema do Banco Central.

  4. 4 – Determine os dados do pagamento (Pague em até 12x)

    Logo em seguida, determine o valor a enviar e a forma de pagamento. Se desejar, pode utilizar um cartão de crédito e parcelar o seu pagamento em até 12x.

  5. 5 – Confirme a transação

    Ao final, todos os dados ficarão disponíveis para você. Sendo assim, você só precisa conferir tudo e confirmar o seu pagamento.

Além disso, vale lembrar que não existe nenhuma taxa cobrada para fazer transferência entre bancos diferentes. Por isso, você pode realizar quantos pagamentos desejar, desde que eles fiquem dentro do limite diário do Pix. Outro benefício é que o sistema de pagamento se encontra disponível 24 horas por dia. Por isso, você pode enviar recursos de banco para banco a qualquer hora do dia.

Quanto tempo demora transferência Pix entre bancos diferentes?

Quanto tempo demora transferência Pix entre bancos diferentes?

De acordo com o Banco Central, todos os pagamentos Pix levam somente 10 segundos para serem realizados. Por isso, não importa qual a instituição de pagamento, dia ou horário, todas as transações sempre acontecem nesse tempo. Isso vale, claro, para transferências entre bancos diferentes.

No entanto, o próprio BC informa aos usuários de que é possível que uma transferência feita pelo sistema leve um pouco mais de tempo para cair. O prazo máximo é de 1 hora, dependendo do valor enviado. Isso porque existem alguns protocolos de compliance que devem ser seguidos.

Dito isso, esse prazo máximo pode ser necessário apenas para transferências entre bancos diferentes com valores bastante altos, como R$50 mil ou mais. Para envios do dia a dia, o prazo de compliance não é necessário.

A única exceção é o Pix Agendado, onde o dinheiro só é transferido na data selecionada na hora de realizar o agendamento. 

Sendo assim, para esse caso, não existe um horário estipulado, ficando a critério de cada instituição definir que horas o pagamento agendado cai.

Qual a melhor opção para transferências entre bancos diferentes?

Qual a melhor opção para transferências entre bancos diferentes?

Existem 3 maneiras de fazer transferências entre bancos diferentes:

  • Pix
  • TED (Transferência Eletrônica Disponível)
  • DOC (Documento de Crédito)

Dentre as 3 alternativas, a mais interessante e vantajosa é claramente o Pix. Afinal, o sistema de pagamento do BC é instantâneo, está disponível 24/7 e conecta diferentes bancos de maneira muito mais ágil e eficiente.

Não é à toa que o Pix já tem mais de 100 milhões de usuários cadastrados, mesmo tendo pouco mais de 2 anos de operação. A seguir, vamos explicar um pouco mais sobre o TED e o DOC, para que você entenda como eles funcionam e seus benefícios!

TED

A principio, a Transferência Eletrônica Disponível ou TED, foi iniciado em abril de 2002, com o objetivo de realizar transferência entre bancos diferentes no mesmo dia, por isso, os pagamentos são efetivados em até duas horas após serem solicitados, não importando qual a instituição.

Atualmente, o TED por ser realizado tanto pelo aplicativo do seu banco, quanto por um caixa eletrônico ou até mesmo na própria agência. Para isso, você precisara possuir o nome completo do beneficiário, CPF ou CNPJ, os dados bancários e o tipo de conta. Com os dados em mãos, é necessário somente:

  • Entrar no aplicativo do seu banco
  • Ir até a opção “Transferência”
  • Clicar em “TED”
  • Inserir os dados necessários
  • Confirmar o seu pagamento

Apesar de ser uma ótima opção pela rapidez e por não possuir nenhum limite de valor, o TED conta com apenas duas limitações. A primeira, é que os pagamentos são processados somente até as 17:00. Após esse horário, ele só é compensado no dia seguinte. A segunda, é que ele não se encontra disponível aos finais de semana ou feriados.

DOC

Criado pelo Bacen também em 2002, o Documento de Crédito ou DOC, tem o objetivo de realizar transferências de um Banco para o outro. No entanto, ele possui algumas limitações, como por exemplo, o valor máximo de transações de até R$ 4.999,99.

Para realizar um DOC você precisará das mesmas informações do TED, como o nome, CPF, informações do banco e categoria da conta. Agora, para fazer o procedimento é preciso:

  • Acessar a sua instituição de pagamento
  • Clicar em “Transferência”
  • Selecionar a opção “DOC”
  • Digitar todos os dados solicitados e o valor do pagamento
  • Confirmar a transação

Diferentemente do Pix, o DOC só é efetuado no próximo dia útil após a solicitação, se ela for realizada até as 21:59. Se o pagamento for efetuado após esse horário ou durante o final de semana, o pagamento levará até dois dias úteis.

O vídeo abaixo mostra mais diferenças e semelhanças entre Pix, DOC e TED:

Qual é a taxa de transferência de um banco para o outro?

Qual é a taxa de transferência de um banco para o outro?

Nesse momento, o Pix é a única forma de transferência entre bancos diferentes totalmente isenta de taxas, para pessoas físicas, em qualquer instituição. Por isso, você pode realizar quantos pagamentos desejar sem ter que se preocupar com nada. Para pessoas jurídicas, uma pequena taxa de 0,69% e 1,5% pode ser cobrada, mas isso não é determinado pelo Banco Central

Ou seja, você pode fazer transferências entre bancos distintos sem pagar absolutamente nada por isso. Essa é uma das razões para os usuários já terem feito mais de 73 milhões de transações em um único dia.

A única exceção são os apps que fazem Pix com cartão de crédito. Por ser uma operação de crédito, esse serviço tem taxas definidas por cada aplicativo. Essa cobrança vai de 3,49% até 9,9%, dependendo do app.Porém, no caso do TED e do DOC, os bancos mais tradicionais cobram um taxa que pode variar entre R$ 10 e R$ 20, de acordo com a instituição e o valor da transação.

Como mudar a Chave Pix de um banco pro outro?

Como mudar a Chave Pix de um banco pro outro?

A Chave Pix serve para identificar a conta que vai receber qualquer pagamento por esse meio, por isso, ela só pode ser utilizada em uma instituição. Porém, se desejar, você pode solicitar a chamada portabilidade de Chave.

Para isso, tudo que você precisará fazer é:

  • Acesse a instituição que você deseja cadastrar
  • Vá até a aba para registrar a chave Pix
  • Insira a chave que deseja utilizar
  • Selecione a opção “Fazer portabilidade”

Em seguida, um pedido para o procedimento será enviado para a instituição de origem dessa chave. Sendo assim, você deverá acessar o aplicativo do banco de origem e confirmar a portabilidade. Depois de aprovada, a portabilidade será realizada no prazo de 7 dias úteis.

Perguntas frequentes

Posso fazer Pix em dois bancos diferentes?

Sim, é possível enviar recursos no Pix de um banco para outro. Inclusive, é possível fazer isso entre duas contas da mesma pessoa.

O processo é o mesmo de um envio normal:

  • Baixe o aplicativo
  • Selecione “Fazer Pix”
  • Digite os dados do pagamento
  • Confirme a transação

Tem como ter Pix em dois bancos?

Sim, é possível cadastrar Pix em mais de um banco. Claro que não se pode usar a mesma chave em cada conta, mas é possível cadastrar várias contas do mesmo usuário.

Para isso, só é preciso seguir o caminho para cadastrar uma chave Pix para cada uma das suas contas. Lembre-se de que não é possível repetir a chave, então use o CPF em uma conta, o telefone em outra, e-mail em uma terceira e por aí vai.

É possível fazer Pix internacional?

Por enquanto, não é possível fazer Pix Internacional. Isso porque o sistema é do Banco Central do Brasil e não há compatibilidade com o sistema bancário de outros países. Entretanto, o BC já trabalha para adaptar o Pix e permitir o envio de dinheiro de forma instantânea para contas em bancos internacionais.

Qual o melhor banco para fazer Pix?

Todo banco pode ser usado para fazer Pix. No entanto, os 5 melhores bancos que usam Pix são: RecargaPay, PicPay, Nubank, Pagbank e Neon.

Conclusão

Neste conteúdo, você finalmente descobriu não só como realizar um Pix transferência entre bancos diferentes, mas também quais são as outras alternativas para essa transação. Dessa forma, você pode escolher aquela que melhor se adequa para você. Em minha opinião, desde a criação do sistema do Banco Central, ficou bastante fácil enviar dinheiro para instituições diferentes.

De toda forma, recomendamos sempre que possível optar pelo Pix, já que ele é o único totalmente grátis e disponível todos os dias e horários da semana, sendo a melhor opção dentre todas as três. Contudo, se optar pelo TED ou DOC, recomendamos se certificar qual será a taxa cobrada pelo procedimento.

Fique atento, também, ao prazo para a execução dessa transferência entre bancos diferentes. Afinal de contas, dependendo do horário e do dia do envio, a transação pode se completar apenas 3 dias depois.